O Agosto Verde objetiva conscientizar a sociedade sobre a importância dos primeiros anos da criança

Com o desafio de chamar atenção sobre a importância do desenvolvimento das crianças nos primeiros seis anos de vida, o Ministério da Cidadania lançou o Agosto Verde. Nesse contexto, em alusão ao mês da Primeira Infância, o Palácio do Buriti será iluminado na cor verde entre os dias 23 e 27 de agosto.

Em alusão ao mês da Primeira Infância, o Palácio do Buriti será iluminado na cor verde entre os dias 23 e 27 de agosto| Foto: Renato Araújo/ Agência Brasília

Para a subchefe de Políticas Sociais e Primeira Infância, Anucha Soares, a ação evidencia a prioridade do Governo do Distrito Federal com os temas afetos à Primeira Infância contribuindo, assim, com o futuro do DF. “É importante sensibilizarmos a população sobre a situação e a condição das nossas crianças. Somente assim, é possível desenvolvermos melhores cidadãos no futuro”, completou Anucha.

“O programa Criança Feliz Brasiliense atende famílias com filhos de 0 a 6 anos de idade, contribuindo com o desenvolvimento neurológico, cognitivo, psicomotor e emocional das nossas crianças”Mayara Noronha Rocha, primeira-dama do Distrito Federal e Secretária de Desenvolvimento Social

A primeira-dama do Distrito Federal e Secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, enfatiza que um dos principais programas do governo federal voltado à primeira infância é o Criança Feliz, por meio do qual as famílias recebem, em casa, orientações de promoção ao desenvolvimento infantil.

O programa é considerado uma das seis iniciativas mais inovadoras do mundo no enfrentamento aos desafios globais da educação. Aqui no Distrito Federal, o programa “Criança Feliz Brasiliense”, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), já acompanhou 1,6 mil crianças e mães em 2020 e, para 2021, tem meta de atendimento de 3,2 mil beneficiários. “O programa Criança Feliz Brasiliense atende famílias com filhos de 0 a 6 anos de idade, contribuindo com o desenvolvimento neurológico, cognitivo, psicomotor e emocional das nossas crianças”, destacou Mayara.

No primeiro dia da iluminação, estiveram presentes no Palácio do Buriti a secretária adjunta da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Fernanda Monteiro, o Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha, e a Secretária Nacional de Atenção à Primeira Infância do Ministério da Cidadania, Luciana Siqueira.

Com informações da subsecretaria de Políticas Sociais e Primeira Infância