Vítima e agressor eram um casal e tinham uma filha. Mulher foi atingida por golpes de faca e não resistiu. Caso foi em Sobradinho durante a madrugada

Na madrugada desta terça-feira (8/6), mais uma mulher foi vítima de feminicídio no Distrito Federal. O caso ocorreu em Sobradinho II. O autor, um homem de 28 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), uma vizinha do casal escutou a discussão e acionou o socorro pelo 190. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local, e encontrou a mulher de 33 anos ferida com golpes de faca. A equipe tentou salvá-la, mas a mulher não resistiu aos ferimentos.

Pouco depois, chegaram os policiais militares, que prenderam o autor dos golpes. Ele foi encaminhado para a 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). O casal tinha uma filha de apenas três anos, que ficou sob os cuidados da avó materna.

De acordo com a ocorrência registrada na Polícia Civil, o homem pulou o muro de casa e invadiu a casa vizinha depois de discutir com a companheira, Fernanda Landim. Quando os agentes chegaram à casa, a vítima estava na sala da casa, sem vida. Agora, testemunhas serão ouvidas para elucidar o caso. 

Os dados da secretaria de Segurança Pública contabilizam os casos de feminicídio ocorridos entre janeiro e abril deste ano: foram oito nesse período. Em 69% deles, o ex ou o atual marido foi o autor do crime. Outros 15,9%, foram cometidos por ex-namorados das vítimas. Quanto ao local da agressão, 7 em cada 10 assassinatos de mulheres foram dentro da casa da vítima.

Aguarde mais informações.

Com informações do CB