Serviço de Limpeza Urbana intermediou a entrega do material, doado por uma empresa de segurança

Representantes de 21 cooperativas de materiais recicláveis do Distrito Federal receberam do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), na manhã desta quinta-feira (23), a doação de uniformes de trabalho. O material foi doado por uma empresa e repassado às cooperativas com as devidas logomarcas.

No Complexo de Reciclagem, na Estrutural, o diretor-presidente do SLU, Sílvio Vieira, fez a entrega do material, calças e camisetas reforçadas para contribuir com o dia a dia de trabalho de 1.008 catadores | Foto: Divulgação/SLU

A entrega foi realizada pelo diretor-presidente do SLU, Sílvio Vieira, no Complexo de Reciclagem, na Estrutural. O local abriga a Central das Cooperativas de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis (Centcoop). São calças e camisetas reforçadas, que vão ajudar no dia a dia do trabalho dos 1.008 catadores que atuam no complexo.

O governo do DF quer ampliar a coleta seletiva com as cooperativas. É um compromisso do governador Ibaneis Rocha”

Sílvio Vieira, diretor-presidente do SLU

Representando a Centcoop, a diretora Leide Laura agradeceu pela iniciativa. “A Centcoop agradece demais em nome das cooperativas filiadas. Essa doação vai nos ajudar muito, porque o preço de um uniforme está supercaro e eles precisam ser renovados com frequência”, declarou.

O diretor-presidente do SLU também agradeceu pela recepção e ressaltou que, para o ano de 2002, o Governo do Distrito Federal (GDF) vai ampliar ainda mais os investimentos em coleta seletiva, beneficiando as cooperativas que atuam no DF.

“Agradeço a oportunidade de estar aqui entregando esses uniformes, que foi uma parceria que a gente fez com uma empresa, e também trazendo a boa notícia de que o governo do DF quer sim ampliar a coleta seletiva com as cooperativas. É um compromisso do governador Ibaneis Rocha. Fizemos muita coisa no ano de 2021, mas tenho certeza que para 2022 a gente vai conseguir muitas outras conquistas”, declarou.

Atualmente o SLU mantém 30 contratos firmados com organizações de catadores no DF, atendendo a 23 cooperativas/associações (algumas entidades possuem mais de um contrato). São 11 contratos para o serviço de coleta seletiva, atendendo a 15 regiões administrativas, e 19 para o serviço de triagem dos materiais.

Com informações do SLU