A Câmara Legislativa vai ouvir a população do Distrito Federal para avaliar a sua imagem e também para colher sugestões de propostas de aperfeiçoamento de leis e de ações de fiscalização. Os resultados obtidos pela pesquisa serão utilizados como subsídios para a elaboração do Planejamento Estratégico da Câmara para o período 2021-2030.

A pesquisa é uma iniciativa da Assessoria de Governança Legislativa e Gestão Estratégica (Asserge), em parceria com a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan). A intenção é ouvir pelo menos mil cidadãos, por telefone, a partir da próxima segunda-feira (22) até o dia 10 de dezembro. Esta será a terceira etapa de coleta de dados para o planejamento, que já contou com pesquisa online e grupos focais.

Thiago Bazi Brandão, integrante da Comissão de Planejamento Estratégico da Casa, destaca a importância da participação da população e pede o apoio dos veículos de comunicação na divulgação da iniciativa, a fim de esclarecer a sociedade sobre a pesquisa. Ele também reforça que, para a Câmara trabalhar mais próxima da sociedade, é necessária a participação dos cidadãos expressando suas necessidades e demandas.

Os objetivos desta etapa da pesquisa são avaliar o trabalho que a Câmara vem desenvolvendo nos últimos anos e colher sugestões sobre o que a população espera do Legislativo local em relação a leis, fiscalização e representação da sociedade.

Anteriormente, o trabalho já contou com a aplicação de um formulário online com 17 perguntas, e a realização de 10 grupos focais, com a participação de representantes de todas as regiões do DF para aprofundamento das demandas apresentadas. Os grupos focais foram feitos por meio de plataforma virtual com especialistas de áreas estratégicas para a CLDF (social, econômica, política, ambiental, legal e tecnológica), representantes de setores da sociedade e lideranças comunitárias. Os servidores da Câmara também foram ouvidos no processo.

Thiago Brandão explica que entre os desafios do Planejamento Estratégico estão a valorização do capital humano e a melhoria da eficiência e dos resultados. Com os dados colhidos, o Legislativo local espera alinhar o seu objetivo estratégico com as necessidades apontadas pela sociedade de Brasília.

Segundo Brandão, o último trabalho deste tipo na CLDF foi realizado em 2010, gerando avanço na profissionalização, transparência e melhoria na interação entre a sociedade e o Legislativo local.

Luís Cláudio Alves - Agência CLDF