Programa já recuperou quase 250 equipamentos públicos e agora parte para Itapoã, Guará, Estrutural, Riacho Fundo e Águas Claras

O RENOVADF chega ao seu terceiro ciclo nesta semana para cuidar e recuperar equipamentos públicos em cinco cidades pelas mãos de 1,5 mil alunos. Nesta terça-feira (9), o programa de qualificação profissional e conservação do patrimônio público foi lançado no Itapoã e, na quinta-feira (11), será a vez do Guará.

O vice-governador Paco Britto saudou os alunos presentes na Praça dos Direitos, no Itapoã, e pediu aplausos à turma de aprendizes pelo trabalho que será executado nas cidades. “Estamos capacitando profissionais num momento difícil da economia. O governo não demitiu ninguém e está inserindo pessoas no mercado de trabalho”, destacou.

O RENOVADF já passou por quatro regiões administrativas e recuperou quase 250 equipamentos públicos  | Foto: Vinícius Melo/Agência Brasília

Titular da Secretaria de Trabalho, pasta responsável pelo RENOVADF, Thales Mendes pontuou os números do programa.

“Teremos mais 750 alunos hoje e na próxima quinta-feira mais 750, chegando ao número de 3.500 alunos nas cidades. Estamos fazendo uma transformação em todas as cidades que passamos”.

Visão que é compartilhada pelo administrador do Itapoã, Marcus Cotrim. “O programa vai transformar e renovar espaços importantes e que as pessoas utilizam diariamente como lazer”.

25% dos formandos no mercado

O RENOVADF já passou por quatro regiões administrativas e recuperou quase 250 equipamentos públicos.

No primeiro ciclo foram atendidas as cidades de Ceilândia e Samambaia, onde 92 equipamentos públicos foram recuperados e 813 alunos foram formados.

“Dos 813 alunos que se formaram na primeira turma, quase 200 estão trabalhando na área de construção civil. O mercado está contratando pessoas nessa área”, destacou Thales Mendes.

No segundo ciclo foram contempladas as cidades de São Sebastião e Arniqueira e, no momento, 1.500 alunos estão recuperando 149 espaços públicos dessas cidades.

Nesse terceiro ciclo haverá dois lançamentos, em Itapoã e Guará, mas diferentemente dos outros dois, os 1.500 alunos vão atender também as cidades de Estrutural, Águas Claras e Riacho Fundo. Entre os alunos contemplados nos três turnos, 80 são imigrantes e, aproximadamente, 45% são mulheres.

Sobre o programa

O RENOVADF consiste na oferta de cursos práticos de qualificação social e profissional, nas áreas de construção civil e jardinagem.


Ministrados pelo Senai e integrados às atividades de conservação do patrimônio público, os cursos proporcionam novas habilidades ao trabalhador, de forma a torná-lo apto a atender as exigências do mercado de trabalho, bem como a realização de higienização e limpeza, manutenção e recuperação dos equipamentos públicos.

Os alunos estudam quatro horas por dia, de segunda-feira a sexta-feira, e têm direito a benefícios, tais como auxílio pecuniário no valor equivalente a um salário mínimo mensal (R$ 1.100); vale transporte e seguro contra acidentes pessoais.