Com sorrisos cobertos por máscaras, as crianças ficaram felizes ao rever amigos e professores; mais de 150 mil alunos retornam nesta segunda (9)

Quero agradecer aos profissionais de Educação por toda dedicação e pela forma como têm feito um retorno tão positivo”Hélvia Paranaguá, secretária de Educação

Nesta segunda-feira (9), os estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental da rede pública do DF iniciaram o retorno às aulas presenciais. Com sorrisos cobertos por máscara, os olhinhos das crianças brilhavam ao rever amigos e professores. A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, acompanhou a chegada desse novo ciclo de perto, no Centro de Ensino Fundamental (CEF) Metropolitana, do Núcleo Bandeirante.

“A expectativa é a melhor possível, e, com base no retorno que se iniciou semana passada, observamos que as famílias entenderam a importância de as crianças estarem nas escolas”, disse a titular da Secretaria de Educação (SEE). “Quero agradecer aos profissionais de Educação por toda dedicação e pela forma como têm feito um retorno tão positivo.”

Segurança total é garantida no processo de retorno às aulas | Foto: Mary Leal/SEE

Ao todo, a Secretaria de Educação tem 416 escolas que ofertam os anos iniciais (primeiro ao quinto) do ensino fundamental, estando 150.475 estudantes matriculados nessa etapa. O secretário executivo de Educação, Denilson Bento da Costa, que também acompanhou a retomada das aulas, comentou: “A gente vê o comprometimento de todos os profissionais da Educação e o empenho dos pais em trazer os estudantes, confiando na escola e nosso trabalho”.

 Uma volta esperada

Tanto em termos físicos quanto em termos pedagógicos, estamos prontos para o retorno presencial”Kenya Marques, diretora do CEF Metropolitana

Entre os estudantes, o sentimento é uma mistura de ansiedade e alegria em rever professores e colegas. “Eu estava com muita saudade de vir para a escola e estou muito feliz em voltar com a aula presencial”, resumiu Eloísa Gonçalves, de 9 anos. A mãe dela, Eliane Gonçalves, também se mostrou feliz com o retorno: “Estou confiante e torcendo para dar tudo certo. Acredito que, até pela questão psicológica das crianças, já estava na hora desse retorno”.

A diretora do CEF Metropolitana, Kenya Marques, fez questão de recepcionar os alunos. “Nós estamos aguardando os estudantes com muita ansiedade e com muito carinho”, disse. “Tudo foi preparado e toda a segurança foi reforçada. Nossos professores estão preparados com planejamentos de ações para o resgate da aprendizagem. Tanto em termos físicos quanto em termos pedagógicos, estamos prontos para o retorno presencial”.

O CEF Metropolitana foi fundado em 1959. Tombada pelo Patrimônio Histórico em nível distrital e federal, a escola fica junto à Praça Nossa Senhora Aparecida, no centro da cidade. Foi uma das primeiras unidades de ensino montadas no DF pela Novacap e a única que teve a estrutura preservada desde o período da construção de Brasília.

Dentro das salas de aula, os professores têm orgulho de fazer parte dessa história e também deste momento marcante de retomada das atividades presenciais. É o que mostra a professora Patrícia Reis, do segundo ano: “Eu sou bem alegre e esperançosa. Estou motivada a fazer o melhor e acredito que tudo vai dar certo”.

Retorno escalonado

As aulas serão ministradas por revezamento. Em uma semana, metade da turma vai presencialmente e a outra metade tem atividades remotas medidas pelo professor. Na semana seguinte, as turmas se invertem.

Assim, a retomada ocorre de forma escalonada. Também estão voltando às aulas presenciais nesta segunda-feira os estudantes do primeiro segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que conta com 4.005 matriculados.

A educação infantil voltou no último dia 5. No dia 16, será a vez de retornarem estudantes dos anos finais do ensino fundamental e do segundo segmento de EJA. No dia 23, voltam o ensino médio e a educação profissional. No dia 30, retomam as atividades as escolas de natureza especial, os centros interescolares de línguas (CILs) e os centros de ensino especial (CEEs).

Com informações da Secretaria de Educação