Emenda do relator da matéria, deputado Chico Vigilante, estendeu o benefício a todos os usuários do transporte coletivo

A Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, na tarde desta terça-feira (13), o Projeto de Lei nº 1370/20, do deputado Iolando Almeida (PSC), que permite o desembarque de passageiros do transporte público em locais fora de pontos de ônibus, mas ainda dentro do trajeto estabelecido, entre 22h e 6h.

Segundo Iolando, o PL visa a diminuir a incidência de crimes durante a noite. “São inúmeros os relatos de agressão no trajeto entre a residência e o ponto do ônibus. A falta de iluminação tem contribuído para a insegurança dos passageiros, dado que os assaltantes aproveitam a situação para cometerem crimes. A medida oferece a sensação de segurança e facilita a mobilidade das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida”, apontou.

Além dos grupos já citados, apenas idosos, mulheres estavam inclusos na proposição inicialmente, mas uma emenda substitutiva proposta pelo relator da matéria, deputado Chico Vigilante (PT), estendeu a redação para todos os usuários do transporte coletivo.

Além desse, a CTMU aprovou também o PL nº 979/20 e 128 indicações ao Poder Executivo na reunião de hoje, onde estavam presentes os deputados Chico Vigilante Lula da Silva (PT), Eduardo Pedrosa (PTC) e Valdelino Barcelos (PP).

Victor Cesar Borges - Agência CLDF