Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) perdeu, no domingo (28/3), mais três integrantes da corporação para a Covid-19. O último óbito registrado foi o do 1º sargento Cícero Facundes da Silva (foto de destaque). Ele estava na reserva remunerada há dois anos. Trabalhou no Grupo Tático Operacional (Gtop) do 8º e do 10º Batalhão da PM.

Também nas primeiras horas do domingo, o 2º sargento Kleber Laurindo Damázio Hipólito, 47 anos, lotado no Pelotão Lacustre, não resistiu à doença

Por meio de nota, a PM informou que Kleber faleceu no Hospital Maria Auxiliadora, onde estava internado desde o dia 9 de março. “Aos familiares e amigos transmitimos as nossas mais sinceras condolências pela partida do nobre policial militar”, disse a corporação.

Metrópoles apurou que, desde o início da pandemia, pelo menos 40 policiais militares morreram vítimas da Covid-19 na capital da República. De acordo com dados oficiais da PMDF, foram 22 óbitos ao todo. No entanto, a corporação diz que só contabiliza os falecimentos referentes a policiais da ativa.

Além disso, a Polícia Militar do DF pontuou que existem, atualmente, 95 militares afastados por terem sido diagnosticados com coronavírus. Outros 1.655 PMs da ativa tiveram a doença, mas se recuperaram.