Crian
ça nasceu à 00:18 desta sexta-feira (1º), no Hospital Regional de Brazlândia. Segundo Secretaria de Saúde, parto foi cesariano.

O primeiro bebê a nascer na rede pública de saúde do Distrito Federal, em 2021, é um menino. A criança nasceu no Hospital Regional de Brazlândia, à 00h18.

Segundo a Secretaria de Saúde, o parto foi cesariano, e até a publicação desta reportagem, a pasta não havia informado o estado de saúde e nem o nome do recém-nascido.

Fatos do ano: 2020 além da Covid

Já na rede administrada pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), o primeiro nascimento é do pequeno Ravi Pinheiro.

O menino nasceu à 1h49, no Hospital Regional de Santa Maria. Ele é o terceiro filho da dona de casa Jeisy Pinheiro, de 33 anos. Em 2020, a unidade de saúde realizou 4.027 partos.

Segundo o Iges, Ravi nasceu saudável, de parto normal, pensando 2,4 quilos e mede 44 centímetros.

De acordo com a mãe, as dores começaram por volta das 21h de quinta-feira (31), se intensificaram perto das 23h e ela foi encaminhada para o hospital à 00h30 desta sexta-feira para dar à luz.

“Para mim foi uma surpresa dar à luz o Ravi na virada de ano, não estava esperando isso.

A data ficará marcada por ser sempre motivo de dupla comemoração. "Estou feliz que ele tenha vindo dessa forma, trazendo a esperança de dias melhores ao novo ano que se inicia", celebrou Jeisy.

O levantamento, de 2010 a 2020, foi realizado por meio da Central Nacional de Informações do Registro Civil, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil).

O ranking geral dos mais registrados em 2020, no DF, mostra a preferência por nomes simples. No ano que termina, Heitor foi o nome mais popular, com 594 registros, e Miguel, com 567 .

Veja os 10 nomes mais registrados no DF em 2020

  • Heitor: 594
  • Miguel: 567
  • Arthur: 469
  • Alice: 444
  • Helena: 439
  • Bernardo: 417
  • Theo: 405
  • Laura: 402
  • Davi: 392
  • Gael: 385

Veja os 10 nomes mais registrados no DF na última década

  • Miguel: 9.296
  • Arthur: 8.349
  • Davi: 7.735
  • Gabriel: 5.653
  • Alice: 5.550
  • Maria Eduarda: 5.336
  • Samuel: 4.582
  • Heitor: 4.582
  • Bernardo: 3.730
  • Julia: 3.722
  • om informações do G1 Brasília