De acordo com Corpo de Bombeiros, Jonas Pereira da Silva, de 21 anos, caiu de altura de aproximadamente 50 metros. Rapaz vai ser sepultado no cemitério de Planaltina.

O jovem de 21 anos morto, neste sábado (28), enquanto praticava slackline em Sobradinho, no Distrito Federal, será sepultado nesta segunda-feira (30), no cemitério Santa Rita em Planaltina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Jonas Pereira da Silva caiu de uma altura de aproximadamente 50 metros.

Os bombeiros informaram que o corpo do jovem estava no fim de um despenhadeiro da região, local usado para a prática do esporte (veja vídeo abaixo). Segundo os militares, Jonas Pereira da Silva sofreu trauma cranioencefálico (TCE) grave, além de múltiplas faturas.

Jovem de 21 anos morreu após cair durante prática de slackline, no DF
00:00/00:26

Jovem de 21 anos morreu após cair durante prática de slackline, no DF

O caso foi registrado na 35ª Delegacia de Polícia de Sobradinho. Os investigadores aguardam laudos periciais para as conclusões sobre o acidente. Nas redes sociais, amigos de Jonas lamentaram a morte do rapaz.

"O highline é menos hoje e o céu nunca teve ninguém tão preparado pra as alturas", disse um colega.

Resgate


Bombeiros resgatam corpo de jovem de 21 anos que morreu durante prática de slackline, noDF — Foto: CBMDF/Divulgação

Bombeiros resgatam corpo de jovem de 21 anos que morreu durante prática de slackline, noDF — Foto: CBMDF/Divulgação

Os bombeiros afirmaram que, no local, onde Jonas Pereira da Silva foi resgatado, havia mais três praticantes de slackline. O despenhadeiro era de difícil acesso e os militares precisaram usar técnicas de rapel.

A informação inicial era de que o jovem ainda respirava, no entanto, segundo os militares, quando o socorro chegou no local, ele não tinha sinais vitais.

Slackline

Veja como a frequência cardíaca varia no slackline
00:00/02:48

Veja como a frequência cardíaca varia no slackline

A prática de slackline surgiu nos Estados Unidos na década de 1980, com um grupo de montanhistas que usavam tiras para equilibrar-se. O slackline se popularizou e pode ser vista em parques, praias e praças do mundo todo.


No Brasil, o esporte ganhou destaque no Rio de Janeiro em 2010 e espalhou-se pelo país.

Entre as variações do slackline, há o longline, quando é preciso atravessar distâncias maiores que 30 metros, o trickline, com manobras, saltos e acrobacias e o highline, em que se atravessa fitas montadas a em grandes alturas.

Com informações do G1    DF