Homem invade hospital de Ceilândia e atira contra ex-mulher; PM prende suspeito - PORTAL DE NOTÍCIAS DO ONILDO ALVES

Page Nav

HIDE

Pages

Últimas notícias:

latest

Homem invade hospital de Ceilândia e atira contra ex-mulher; PM prende suspeito

  Crime ocorreu na noite deste domingo (28/5). A vítima, alvo dos disparos, é funcionária do hospital e o suspeito, preso pela polícia, é o ...


 

Crime ocorreu na noite deste domingo (28/5). A vítima, alvo dos disparos, é funcionária do hospital e o suspeito, preso pela polícia, é o ex-companheiro dela

Um homem, identificado como Cleuson Sousa de Moura Silva, de 43 anos, invadiu o Hospital São Francisco, na noite deste domingo (28/5), e disparou cinco vezes contra a recepcionista, que é sua ex-companheira. A vítima, identificada como Cleonice Maria de Lima, 46, está em estado estável.

O caso ocorreu por volta das 21h. Dos cinco tiros, dois acertaram a vítima — na região do tórax e braço direito. O homem, que entregou encapuzado no hospital, fugiu em um carro vermelho após cometer o crime.

Equipes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher II (Deam II) estavam nas ruas de Ceilândia, e o GTOP 47 conseguiu prender o suspeito em uma parada de ônibus do Recanto das Emas. O homem foi conduzido inicialmente para a 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), mas foi encaminhado à Deam II logo em seguida. Veja o momento em que Cleuson chega na delegacia:

A reportagem apurou que o Cleuson é ex-companheiro de Cleonice. Ele mora em Águas Lindas de Goiás. Com ele, a polícia encontrou um revólver, com oito balas intactas. Cleonice tinha uma medida protetiva contra ele.

Nota

Em nota, o hospital informou que está prestando toda a assistência necessária a funcionária. A unidade explicou, ainda, que as equipes clínicas e assistenciais estão atuando para prestar todo o suporte necessário. "O Hospital São Francisco conta com equipe de vigilância periodicamente treinada, possui câmeras de vigilância e está colaborando com as autoridades. A instituição lamenta profundamente e presta solidariedade e apoio à família", disseram.

Com informações do CB

  • Ceilândia 
  • PMDF 
  • Nenhum comentário