Segundo a PMDF, a mãe e a tia da criança teriam visto o suspeito tocando nas partes íntimas da criança

Um homem foi preso, na manhã desta segunda-feira (3/1), por cometer abuso sexual contra uma criança. A família denunciou o suspeito que seria vizinho da criança. O caso ocorreu na QNN, em Ceilândia.

Por volta das 10h, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada enquanto fazia um patrulhamento para verificar um possível abuso sexual contra vulnerável. Ao chegar ao local, os policiais militares foram informados pela mãe da criança que o vizinho foi visto no sofá tocando nas partes íntimas da menor.

A tia da criança também teria visto o momento que o homem a tocou. A própria criança confirmou o ocorrido para os familiares. Todos foram conduzidos à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher 2 (Deam 2). A Polícia Civil do DF investiga o caso.

Caso recente

Um homem de 49 anos foi preso em 12 de novembro, suspeito de estuprar uma mulher de 23 anos, em junho, na região de Ceilândia. A polícia chegou ao acusado depois de a vítima informar às autoridades que ele havia voltado para casa, após passar meses desaparecido.

Quando a polícia encontrou o acusado, ele apresentou um nome falso. No entanto, acabou detido e levado à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher 2 (Deam). O estupro ocorreu por volta das 2h, quando a vítima andava pela Avenida Hélio Prates e foi abordada pelo agressor, que conduzia uma Kombi, e ofereceu uma carona à jovem.

A vítima aceitou a carona, após alguns minutos de conversa. No caminho para Ceilândia, o motorista mudou de caminho e levou a vítima para uma estrada de terra. Lá, ameaçou matar a jovem e a estuprou.

Com informações do CB