O caso macabro aconteceu na noite desse domingo (28/11), em Corumbá de Goiás — distante cerca de 124km de Brasília

Wanderson Mota Protácio é procurado pela polícia suspeito de triplo homicídio -  (crédito: Material cedido ao Correio)
Wanderson Mota Protácio é procurado pela polícia suspeito de triplo homicídio - (crédito: Material cedido ao Correio)

Segundo informações preliminares da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), Wanderson assassinou a mulher e a criança dentro de casa com uma faca. Depois disso, ele foi até a fazenda do patrão, onde furtou um revólver com seis munições e se deslocou até uma propriedade vizinha. Lá, ele matou o fazendeiro Roberto Clemente de Matos e tentou estuprar a esposa dele.


A mulher ainda foi baleada e, de acordo com a apuração policial, fingiu-se de morta para escapar com vida. O assassino levou a caminhonete de Roberto e abandonou o veículo após alguns quilômetros, na GO-225. Neste momento, equipes da PMDF e PCGO estão em diligências para localizar o homem.

Processo

Em 2019, Wanderson foi preso pelo crime de tentativa de feminicídio contra uma mulher, cunhada do pai dele. Como consta nos autos do processo, a vítima recebeu diversos golpes de faca nas costas. O caso aconteceu em 8 de dezembro de 2019 em Goianápolis/GO. A discussão começou após Wanderson chegar em casa alcoolizado e sob efeito de drogas. Na casa, ele ameaçou a mulher, ordenando que a mulher entrasse em um quarto com ele

Após a negativa, o homem desferiu os golpes de faca e a arma branca utilizada acabou quebrando, motivo pelo qual Wanderson fugiu pulando os muros e se escondendo em uma residência próxima. Ele ficou preso na Unidade Prisional de Goianópolis, mas ganhou a liberdade em março de 2020.

Com informações do CB