O autor da iniciativa, deputado Rodrigo Delmasso, destacou a “atuação brilhante” das forças de segurança durante todo o período pandêmico. Ao todo, mais de mil policiais serão homenageados

O autor da iniciativa, deputado Rodrigo Delmasso, destacou a “atuação brilhante” das forças de segurança durante todo o período pandêmico. Ao todo, mais de mil policiais serão homenageados

O autor da iniciativa, deputado Rodrigo Delmasso, destacou a “atuação brilhante” das forças de segurança durante todo o período pandêmico. Ao todo, mais de mil policiais serão homenageados

Dirigentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foram homenageados com Moção de Louvor da Câmara Legislativa pelos “relevantes serviços” prestados à sociedade durante a pandemia. A cerimônia foi realizada na sede da PCDF, na manhã desta terça-feira (16).

O autor da iniciativa, deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), destacou a “atuação brilhante” das forças de segurança durante todo o período pandêmico. “É uma singela homenagem a cada um de vocês que colocaram a vida em risco para manter a sociedade em segurança”, afirmou. As moções foram aprovadas em plenário por unanimidade.

O delegado-geral, Robson Cândido da Silva, um dos homenageados, agradeceu à CLDF, em nome de Delmasso, pelo reconhecimento do trabalho da PCDF. “Tenho muito orgulho de receber essa moção. Os nossos policiais são profissionais valorosos, que não arredaram o pé. Quando todos estavam dormindo, estávamos cumprindo a nossa missão”, afirmou.

Também agraciada com a moção, a diretora do Instituto de Medicina Legal (IML), Márcia Cristina dos Reis, ressaltou que houve esforço “muito grande” para atender a sociedade durante a pandemia. “É muito gratificante este reconhecimento. Trabalhamos em um momento de muita tensão, tendo cuidado com os próprios servidores e oferecendo segurança aos usuários do IML”.

O corregedor-geral da PCDF, Adval Cardoso de Matos, também comemorou a homenagem, destacando que trabalha “na melhor Polícia Civil do país”, com nível ínfimo de irregularidades levadas à Corregedoria e com elucidação de todos os casos de grande relevância. “Estendo este reconhecimento a todos os profissionais de segurança. Os policiais foram guerreiros e o nosso trabalho não parou”, ressaltou.

Segundo o diretor do Departamento de Polícia Especializada, Victor de Alencar Alves, a PCDF bateu recorde de apreensão de drogas e de prisões relacionadas a todos os tipos de crimes durante a pandemia. “Esses excelentes resultados com certeza foram considerados neste reconhecimento”, afirmou.

Delmasso também disse que vai entregar moções nas delegacias “para todos aqueles que ficaram na ponta da lança protegendo a população”. Ao todo, mais de mil policiais serão homenageados.

Veja a lista de todos os dirigentes contemplados:

Delegado-geral da PCDF, Robson Cândido da silva 
Delegado-geral adjunto da PCDF, Benito Augusto Galiani Tiezzi 
Corregedor-geral da PCDF, Adval Cardoso de Matos 
Chefe de Gabinete do delegado-geral, José Werick de Carvalho 
Diretor do Departamento da Polícia Especializada, Victor Dan de Alencar Alves
Diretor do Departamento de Polícia Circunscricional, Vicente Paranahiba Costa Neto
Diretor do Departamento de Administração Geral, Silvério Antônio Moita de Andrade
Diretor do Departamento de Inteligência, Tecnologia e Gestão da Informação, Saulo Ribeiro Lopes
Diretor do Departamento de Atividades Especiais, Guilherme Lorentz Blank
Diretor do Departamento de Polícia Técnica, Raimundo Cleverlande Alves de Melo
Diretor do Departamento de Gestão de Pessoas, Fernando César Lima de Souza
Diretor da Escola Superior de Polícia Civil, Yuri Pereira Fernandes
Diretora do Instituto de Medicina Legal, Márcia Cristina dos Reis,
Diretor do Instituto de Identificação, Simão Pedro Teixeira Albuquerque 
Diretor do Instituto de Criminalística, Emerson Pinto de Souza
Diretor do Instituto de Pesquisa e DNA Forense, Samuel Teixeira Gomes Ferreira
 

Mario Espinheira - Agência CLDF