O crescimento das cidades aumentou o fluxo de veículos na região e preocupa as administrações regionais 

Samambaia e Taguatinga ocupam, respectivamente, as posições de segunda e terceira cidades mais populosas do Distrito Federal. Além disso, Samambaia é considerada atualmente o segundo polo mais importante para a construção civil no DF.

O trânsito tem sido o setor que mais sofre impacto com o crescimento populacional na região. Pensando em buscar alternativas para solucionar este problema, a Administração Regional de Samambaia realizou audiência pública para discutir possíveis melhorias para o sistema viário entre as duas cidades.

Durante a audiência pública, a população teve direito a apresentar suas sugestões e discutir projeto da Secretaria de Obras| Foto: AR Samambaia

Nesta terça (9), durante a reunião no Ginásio de Esportes do Instituto Federal de Brasília (IFB), engenheiros da Secretaria de Obras apresentaram para a população que reside em Samambaia e Taguatinga projeto elaborado para o setor, que prevê readequação do trânsito e ampliação da via Boca da Mata, que liga as duas cidades.

Quero muito ver essas melhorias, o trânsito está muito carregado. Nossa cidade está cada dia maior, então está na hora de investir muito aqui”Francesly da Conceição Leite, moradora de Samambaia

O encontro contou com representantes da Secretaria de Obras e a mediação dos administradores regionais de Samambaia e de Taguatinga, Gustavo Aires e Bispo Renato, além do deputado distrital Reginaldo Veras e o diretor-geral do IFB Campus Samambaia, Paulo Henrique Silva.

Encaminhamentos

Durante a audiência, a população teve direito a apresentar suas sugestões e discutir o projeto. Tudo foi registrado em ata para que a proposta possa passar por adequações. “A preocupação do governo é uma só, garantir o bem-estar da população do Distrito Federal como um todo. Então, hoje celebro esse momento democrático e tão importante para os moradores de Samambaia e Taguatinga”, comemorou o administrador de Samambaia, Gustavo Aires.

Francesly da Conceição Leite reside em Samambaia há 32 anos, veio para a cidade com 21 anos, e conta que vai continuar acompanhando todo o processo: “Quero muito ver essas melhorias, o trânsito está muito carregado. Nossa cidade está cada dia maior, então está na hora de investir muito aqui”.

Com informações da AR Samambaia