Maranhão Profissionalizado foi uma das ações estaduais levadas para Codó (Foto: Karlos Geromy).

Cumprindo extensa agenda de trabalho no interior do Maranhão, o governador Flávio Dino entregou, nesta sexta-feira (1º), mais duas unidades da rede estadual de Restaurantes Populares, dessa vez nas cidades de Afonso Cunha e Codó. Com as entregas, o Governo do Estado atinge a marca de 58 equipamentos de segurança alimentar nutricional inaugurados, consolidando o Maranhão como o estado brasileiro detentor da maior rede de restaurantes populares do Brasil. 

Em Afonso Cunha, o Restaurante Popular vai oferecer 200 refeições somente no almoço, no valor de R$ 2,00, e a partir do dia 18 de outubro serão ofertados jantares ao preço de R$ 1,00.

O espaço funcionará também como Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional (Cresan). No local, serão ofertados cursos na área de Educação Alimentar e Nutricional (EAN), Gastronomia e Geração de Trabalho e Renda, possibilitando a convivência social por meio da integração de políticas públicas direcionadas a este público específico.

“Temos a maior rede de segurança alimentar do país hoje, proporcionalmente à população. São 58 Restaurantes Populares agora funcionando. Muito feliz que a cidade de Afonso Cunha agora vai ter almoço a dois reais, jantar a um real”, disse Flávio Dino, após a inauguração em Afonso Cunha.

Já no município de Codó, serão ofertadas 900 refeições diárias, sendo 600 no almoço, no valor de R$ 3,00 e 300 no jantar, com o valor cobrado a R$ 1,00.

A agenda do governador nas duas cidades foi recheada, ainda, com outras ações de governo, como a entrega de kits esportivos, doação de cestas básicas, entrega de cartões Vale Gás, assinatura de Ordens de Serviços, entre outras iniciativas. Confira abaixo como foi a agenda nos dois municípios.

Afonso Cunha

Flávio Dino conhece as instalações do novo Restaurante Popular de Afonso Cunha (Foto: Handson Chagas)
Flávio Dino conhece as instalações do novo Restaurante Popular de Afonso Cunha (Foto: Handson Chagas)

Além de inaugurar o Restaurante Popular – encerrando a lista de entrega de equipamentos de segurança alimentar destinada aos municípios integrantes do Plano Mais IDH -, no município de Afonso Cunha, o governador realizou ainda uma série de ações, inclusive em reforço à segurança alimentar. 

À população afonso-cunhense, Dino destinou kits esportivos (totalizando 384 itens), duas toneladas de alimentos do programa Comida na Mesa, 7 km de pavimentação asfáltica (em execução no município); 100 cartões Vale Gás; entrega de pescado e premiação no valor de R$ 1.000,00 a uma moradora da cidade que completou o ciclo vacinal contra a Covid-19, e foi selecionada no programa Dose Premiada.

“Em Afonso Cunha também fizemos outras ações de segurança alimentar, com a distribuição de três toneladas de alimentos, assim como também do Vale Gás, todas as nossas políticas sociais e melhoria da infraestrutura da cidade, com a pavimentação de toda a região central de Afonso Cunha. Quero agradecer a parceria da Prefeitura Municipal, da Câmara, toda a equipe do município e a acolhida do povo de Afonso Cunha. Uma belíssima festa. Com a proteção de Deus nós conseguimos concretizar mais direitos em favor da população de Afonso Cunha”, frisou Flávio Dino. 

O prefeito da Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar agradeceu a parceria com o Governo do Estado. Para o gestor municipal, com as ações desta sexta-feira, “Afonso Cunha se torna uma cidade totalmente transformada”. 

“Eu só tenho a agradecer a Flávio Dino e a Deus pelas melhorias. Hoje Afonso Cunha se torna uma cidade totalmente transformada com o apoio que o Flávio Dino está nos dando e só tenho a dizer: estamos juntos pelo melhor do povo de Afonso Cunha e do Maranhão”, destacou o prefeito Arquimedes. 

A moradora de Afonso Cunha, Claudiana dos Santos aprovou a agenda de inaugurações em sua cidade, ressaltando a importância do Restaurante Popular para a população de maior vulnerabilidade social.

“Isso vai ser muito importante porque existem muitas pessoas carentes em nossas cidades, mas graças a Deus isso tá mudando e esse restaurante foi uma benção em nossa cidade. Muito obrigada prefeito e governador Flávio Dino”, disse Claudiana. 

Já Lez Gomes, beneficiária do Vale Gás, agradeceu o recebimento do benefício, já que esse atualmente é uma dos itens essenciais que mais pesam no orçamento das famílias brasileiras. “Chegou em uma boa hora, porque o gás tá muito caro. Quero agradecer muito a Deus, em primeiro lugar, e ao governador Flávio Dino, porque o gás tá pela hora da morte”, comentou. 

Iniciado no dia 18 de maio de 2021, a meta do Vale Gás é beneficiar 119 mil famílias inscritas no CadÚnico, com renda equivalente a R$ 0,00, nos 217 municípios maranhenses. Na primeira etapa do Vale Gás, mais de 90 mil famílias já fizeram a recarga do botijão. Na segunda e terceira etapas do programa, o auxílio do Vale Gás tem uma nova logística. Desta vez, o acesso se dá mediante cartões com créditos disponibilizados aos beneficiados para uso exclusivo em compras de recarga de gás.   

Codó

Ao lado do prefeito de Codó, José Francisco Lima Neres, popularmente conhecido como Zé Francisco, o governador Flávio Dino entregou o 58º Restaurante Popular da rede estadual. Mas o ponto alto em Codó foi a assinatura da Ordem de Serviço para a construção da Policlínica da cidade, sonho antigo da população codoense, como sublinhou o prefeito Zé Francisco.

“A Policlínica de Codó deixou de ser um sonho e passa a ser uma realidade. Hoje o nosso grande problema o governador tá ajudando a solucionar, que é a saúde do nosso município. Uma Policlínica que será regional, todos os maranhenses terão acesso à nossa Policlínica”, comemorou Zé Francisco. 

No município, o governador também entrega 11 kits esportivos (totalizando 2.112 itens); lançou cursos do Maranhão Profissionalizado; entregou contratos para 19 beneficiários de crédito fundiário e cestas básicas no âmbito do Programa Comida na Mesa (4.678 cestas básicas, ou 31,8 toneladas de alimentos); entregou 1 kit de irrigação; assinou Ordem de Serviço para recuperação de ponte e obra do Mercado; iniciou as obras de melhoria de acostamento (Km 17 a Codó); inaugurou Sistemas de Abastecimento nos povoados Monte Cristo, Centro do Expedito, Boa Esperança, com 4 kms de rede de distribuição; lançou o curso de Direito da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) de Codó; autorizou o início das obras da estrada vicinal para o Povoado Centro do Expedito; assinou termo de cooperação no curso de qualificação, doação de 1.000 capacetes e inaugurou três fábricas de bloquetes. 

“Uma visita marcada por muitas conquistas concretas. Quero celebrar muito especialmente aqui, a parceria celebrada, e que a partir de segunda-feira estará funcionando, no que se refere ao Restaurante Popular, ajudando a Prefeitura a ampliar os serviços do Restaurante Popular de Codó. Nós hoje demos autorização para obra da Policlínica com consultas especializadas, exames, inclusive atendendo o objetivo de um atendimento especializado para as mulheres. Nós também iniciamos a obra entre a cidade e o quilômetro 17, estamos finalizando a estrada entre o [quilômetro] 17 e o Triângulo, atendendo a zona rural de grande parte de Codó, estradas vicinais, poços, temos escolas em obras e assumimos novos compromissos: o mercado, que foi autorizado aqui, assim como também vamos ajudar a prefeitura em praças, pavimentação, na passarela, como foi solicitado, e há um consenso dos políticos de Codó sobre a importância dessa obra”, pontuou Flávio Dino, durante os atos governamentais em Codó. 

Eliel Lima é assistente administrativo em Codó e elogiou a atuação do governador em benefício dos que mais precisam, em especial as ações de enfrentamento à pandemia. 

“Aqui no município ele tem dado atenção, principalmente nesse período de pandemia, às famílias mais vulneráveis, com os programas sociais como o Minha Casa Melhor, o Vale Gás; as vacinas também sempre estiveram aqui. Cuidar das pessoas é importante, principalmente nesse momento de pandemia”, ressaltou Eliel. 

Restaurante Popular em Rosário

Neste sábado (2), o governador estará na cidade de Rosário, onde vai inaugurar o 59º Restaurante Popular do Maranhão. A unidade irá fornecer 750 refeições por dia, sendo 500 refeições almoço e 250 jantares, nos valores de R$ 3,00 e R$ 1,00, respectivamente.

Da redação com informações da ASCOM do governo