Morreu, na madrugada deste sábado (9/10), aos 90 anos. o pioneiro de Brasília José Paulo Sarkis. A causa do óbito não foi informada. O velório será às 14h deste sábado e o sepultamento às 16h30 no Campo da Esperança. A morte foi confirmada pelo filho dele, o presidente da Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília, o advogado Yussef Jorge Sarkis. Com um texto nas redes sociais, Jorge lembrou da importância do pai na construção de Brasília.

"Desde 4 de março de 1957, um jovem eletricista fincou raízes naquela que foi chamada “a oitava maravilha do mundo”. Com arrojo, determinação e um senso de companheirismo sem igual, trouxe, um a um, todos os irmãos e o maior número de parentes e amigos que conseguiu arregimentar para compartilhar com ele da epopeia da construção de Brasília", escreveu.


osé Paulo Sarkis chegou em Brasília em  1957 para trabalhar como eletricista. Natural de Uberlândia, Minas Gerais, ele morou em Goiânia antes de vir à Brasília. Na capital, trabalhou em várias obras e também fundou a primeira loja de material elétrico de Brasília.

Ano passado, o pioneiro deu uma entrevista para o Correio na homenagem aos 60 anos de Brasília. "Minha profissão me permitiu estar em todos os lugares durante esse período. Era um privilégio para poucos", destacou ele ao lembrar da primeira missa celebrada em Brasília.

Ao lembrar a história do pai, Jorge afirmou que José Paulo sempre ficará na memória. "Hoje, esse meu herói, minha raiz humana me deixou, nos deixou. José Paulo Sarkis, ou apenas Jorge, nesse 9 de outubro de 2021 galgou mais um degrau na história da nossa genealogia, deixou de ser meu pai para entrar na galeria dos meus antepassados, onde com todos os outros, receberá nossas homenagens e agradecimentos. Meu respeito meu pai. Que Deus o recompense dignamente pelo seu legado".

Com informações do CB