Camisa 10 participou de todos os gols da vitória da Seleção sobre a Celeste; com dois gols, Raphinha brilhou em sua primeira partida como titular
O Brasil venceu o Uruguai e convenceu nesta quinta-feira (14), em Manaus. Em partida válida pela 12ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 e disputada na Arena da Amazônia, os comandados de Tite fizeram 4 a 1, com direito a grandes atuações de Neymar e Raphinha, autores de três dos quatro gols. Gabigol fez o quarto e Luis Suárez, atacante do Atlético de Madri, descontou.
Fora os atacantes, que além de balançar as redes animaram a torcida com muitos dribles, o meia Lucas Paquetá, o lateral Emerson Royal e o ponta Antony tiveram boa participação na vitória da Seleção sobre a Celeste. Esta, por sua vez, viu o goleiro Muslera impedir que a vantagem fosse ainda maior. Mesmo com o gol marcado, Suárez não teve boa atuação em Manaus.

A vitória deixou os brasileiros virtualmente classificados para a Copa do Mundo de 2022. Com 31 pontos somados, a equipe está na liderança da tabela, a seis pontos da vice-líder Argentina e a 15 do 5º colocado, justamente os uruguaios.

Na sequência da partida desta quinta, Brasil e Uruguai voltam a jogar pelas Eliminatórias somente em novembro. No dia 11, uma quinta-feira, a Seleção recebe a Colômbia, enquanto a Celeste faz o grande jogo da 13ª rodada contra a Argentina.


Gols de Brasil x Uruguai
O Brasil abriu o placar rapidamente contra o Uruguai. Com apenas 9 minutos de jogo, Neymar concluiu com muita categoria uma jogada costurada desde a defesa, de pé em pé. No terço final do campo, Raphinha deu para Fred, que fatiou a bola e encontrou a passagem do camisa 10 na área. Ele girou, ameaçou o chute, cortou o goleiro Muslera e chutou entre os dois zagueiros que estavam em cima da linha.
Menos de 10 minutos depois, aos 17, a seleção brasileira ampliou a conta contra a seleção uruguaia. Após grande jogada individual pela esquerda, Lucas Paquetá cruzou rasteiro e encontrou Neymar na marca do pênalti. Mesmo desequilibrado, ele conseguiu chutar e, no rebote, Raphinha apareceu no segundo pau e só precisou empurrar a bola para dentro do gol.
No segundo tempo, o Brasil começou a transformar a vitória em goleada sobre o Uruguai. Com 12 minutos no relógio, Fabinho puxou contra-ataque e Gabriel Jesus lançou Neymar pela esquerda. 
O craque nem dominou; de primeira, enfiou a bola rasteira para Raphinha, que invadiu a área e chutou cruzado. A bola pegou na trave antes de entrar.
Entrando na porção final da partida, a Celeste conseguiu diminuir o placar contra a seleção brasileira. Em falta cobrada a três passos da grande área, pela esquerda, Luis Suárez bateu com força e efeito e colocou na “bochecha da rede” pelo lado esquerdo do goleiro Ederson.
Minutos depois, aos 37, o Brasil consolidou a goleada sobre o Uruguai. Em jogada costurada por Antony, Neymar recebeu a bola na entrada da área, pela esquerda, levantou a cabeça e cruzão com extrema precisão para Gabigol, que cabeceou na marca do pênalti; a bola ainda pegou em Muslera antes de entrar, mansa, no gol.
Ficha do Jogo Brasil x Uruguai
Brasil (4-4-2): Ederson; Emerson, Lucas Veríssimo, Thiago Silva e Alex Sandro; Raphinha (Éverton Ribeiro), Fred (Edenílson), Fabinho (Douglas Luiz) e Lucas Paquetá (Antony); Neymar e Gabriel Jesus (Gabigol). Técnico: Tite
Uruguai (4-4-2): Muslera; Nández (Cáceres), Coates, Godín e Viña (Piquerez); Valverde, Bentancur (Gorriarán), Vecino (Facundo Torres) e De La Cruz (Torreira); Cavani e Suárez. Técnico: Óscar Tabárez
Gols: Neymar, 9′, 1T; Raphinha, 17′, 1T, e 12′, 2T; Luis Suárez, 31′, 2T; Gabigol, 37′, 2T;

Torcedores .com