Família achou corpo do idoso, sem cabeça, depois que vizinho da vítima encontrou portão trancado e não conseguiu fazer contato por telefone
Goiânia – Um jovem de 19 anos é suspeito de ter decapitado o próprio avô, em Senador Canedo, região metropolitana de Goiânia.
 O corpo sem cabeça foi encontrado no fim da tarde de terça-feira (31/8).
 A identidade da vítima, que estava dentro de casa, é Severino Inácio da Silva, de 82 anos.
De acordo com a Polícia Civil de Goiás, há indícios veementes de que o próprio neto do idoso, de 19 anos, é que teria cometido o crime. 
Ele teria indicado à polícia onde jogou a cabeça do avô, que estava dentro de uma sacola, a alguns quilômetros da casa da vítima, em um matagal próximo de um córrego. 
A prisão foi feita pela Polícia Militar.

Ainda segundo a Polícia Civil, o corpo foi encontrado depois que um vizinho estranhou o portão da casa trancado e não conseguiu fazer contato por telefone. 
Esse vizinho procurou a família, que foi até o local e se deparou com o corpo da vítima, caído na porta da sala. 
O próprio neto do idoso chegou a falar com a polícia como testemunha, em um primeiro momento.
Equipes da Polícia Militar e da Polícia Científica estiveram no local do crime.
 O corpo foi removido em um veículo do Instituto Médico Legal (IML). O Grupo de Investigação de Homicídios de Senador Canedo investiga a motivação do homicídio.
O suspeito está sendo ouvido na manhã desta quarta-feira (1/9) e teria confessado o crime durante depoimento. Segundo a PM, ele teria dito que cometeu o crime por causa de brigas familiares.

Da redação com informações do Metrópoles