O secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, em entrevista na tarde desta quinta (19), no Palácio do Buriti, informou nesta quinta (19), aproveitou para fazer atualizações de dados da campanha de vacinação do DF, além de resultados da avaliação genômica da Covid-19, a situação da variante Delta e Gama (P1). 

Além, disso, o secretário destacou a contratação de profissionais de Saúde
De acordo com o 15º Relatório de Vigilância Genômica da Covid-19, foram analisadas 126 amostras, foram encontrados 98 casos positivos para a variante Gama (P1), que representam 69,34% e 38 amostras positivas para a variante Delta, ou seja 30%. 
Na coletiva anterior o número era 28% das amostras sendo positivas para Delta.
Ao se tomar amostras antigas, para verificar dentro das características utilizadas para análise genômica os casos mais graves, de óbitos e reinfecções, dentre as amostras são buscados dados desde o dia 02/08 até o dia 06/08 todas elas foram buscadas na soroteca do Laboratório Central e todas eram Gama nesse período.
 “Muitas vezes era possível ter o vírus circulando no DF e eles não terem entrado na bateria do sequenciamento genômico. 
Dia 2 é marco do início mesmo que detectamos como primeira amostra e o restante das amostras temos obtido resultados como sendo Gama.”
Risco de transmissão avaliado
Okumoto informou que foi feita avaliação de risco de transmissão do Covid-19 para a região de Saúde do Distrito Federal e o dado foi atualizado dia 16. Há regiões de classificação moderada como a região Central, Leste, Norte, Oeste, Sudoeste regiões com baixos graus de risco, seriam as regiões Sul e Centro-sul. “A nossa vigilância epidemiológica está com atenção voltada para essas áreas de classificação moderada de risco de transmissão”, detalhou o secretário.
Variantes Delta
No tocante à variante Delta de interesse da Vigilância Epidemiológica há 125 casos detectados no DF. 
Todos eles com o sequenciamento genômico sendo 75 do sexo feminino e 50 do masculino. Há 30 casos de 20 a 29 anos, 26 de 40 a 49 anos e 26 casos de 50 a 59 anos. 
Segundo Okumoto, essas são as faixas etárias que tem importância para ele, nesse estudo da variante Delta no DF.
Em relação aos óbitos provocados pela variante Delta, há a confirmação de oito óbitos, sendo quatro relativos a variante Delta e quatro ocorreram por outras causas senão o Covid-19. 
Os dados são atualizados.
Em se tratando de situação vacinal, há 31 pessoas que tiveram ou têm o vírus Delta. 
Dessas pessoas, todos eles estavam com o esquema completo de vacinação. 
Já o esquema incompleto tinha 25 pessoas que tomaram apenas uma dose.
Já os não vacinados são 59 pessoas. 
E não se aplica 5 indivíduos que estão abaixo do corte de idade de vacinação e em investigação, cinco pessoas, que estão pendentes de informações melhores para se poder avaliar precisamente a situação vacinal.
Okumoto informou também que dentro dos grupos de pessoas que estão infectadas com variante Delta, trabalhadores de saúde são 27 dos hospitais de apoio e 95 de outras profissionais. No total são 125 casos detectados no DF, segundo o resultado recente do Laboratório Central.
Contratação de recursos humanos
O secretário destacou que quanto à contratação de profissionais o edital de médicos temporários, que são 100 vagas e está no Diário Oficial do DF do dia 17/08. 
A inscrição ocorrerá do dia 20 ao 24 de agosto para 100 médicos. 
A ampliação da carga horária da região Oeste terá dez enfermeiros, um médico ginecologista, um médico neonatologista e dois médicos pediatras.
Já em relação aos contratados do edital do dia 12/8 são cargos efetivos para cobertura de vacâncias. 
São seis administradores, três contadores, 10 farmacêuticos, cinco fonoaudiólogos, 23 enfermeiros de família em comunidade, oito enfermeiros obstetras e 30 técnicos de laboratório de hematologia e hemoterapia.
E a nomeação do DODF do dia 13/08, também temporários foram nomeados 95 enfermeiros, com 10 admitidos até agora, o prazo é até o dia 20, de motorista de 75 nomeados, dois foram admitidos. 
Enquanto técnicos de enfermagem, de 13, nove foram admitidos até o momento, de 80, nove se apresentaram para assumir essas funções temporárias para assumir na SES-DF.
São funções, que terão vigência de seis meses, podendo ser renováveis por mais seis meses conforme autorização que temos por meio de lei. Hoje, foram nomeados 113 assistentes sociais para a Secretaria de Justiça, Desenvolvimento Social, da Mulher que são profissionais que atuam diretamente no auxílio da população mais vulnerável e a que é mais alcançada pelos efeitos a pandemia.
Seingas
O quantitativo de seringas para as outras marcas, além da Pfizer que são específicas, a é suficiente. Sobre o caso de vazamentos ocorridos em seringas, trata-se de uma eventualidade. “Por ser de plástico, muitas vezes não se consegue observar uma fissura nela. Então é um casos esporádico, individualizado em que aconteceu isso. 
Sempre a nossa equipe observa as condições, embaladas em papel grau cirúrgico com plástico e dessa forma sempre a observação é importante. 
Mas é um caso esporádico que aconteceu”, completou Okumoto.
Ele esclareceu ainda que a nova aplicação ou não em caso de vazamento da seringa é preciso haver uma avaliação do responsável técnico de enfermagem que pode observar o volume que foi desperdiçado pela rachadura da seringa.
 “O certo, em princípio é que seja feita a vacinação dessa pessoa em decorrência que o volume correto que está dentro da bula designado é o que deve ser aplicado para que a pessoa possa ter a imunização”, detalhou o secretário da Saúde.

Fonte: Tudo OK Notícias