O governador Ibaneis Rocha assinou decreto de nomeação para secretarias de Desenvolvimento Social, de Justiça e da Mulher. No total, 113 servidores foram nomeados

Nesta quinta-feira (19/8), o governador Ibaneis Rocha assinou decreto de nomeação de 113 aprovados para as secretarias de Desenvolvimento Social, de Justiça e da Mulher. O ato ocorreu no Palácio do Buriti, às 10h da manhã, e foi transmitido nas redes sociais.

A Secretária da Mulher, Ericka Filippelli, presente no evento, conta que essa nomeação é crucial para o andamento do cuidado com a população do Distrito Federal. “Temos hoje pessoas sendo chamadas para verdadeiramente montarem um exército e cuidarem de outras pessoas”, comenta. Para ela, esse é o melhor momento da assistência social.

Para Ibaneis, a ação de trazer novos servidores visa unir esforços para atender as pessoas em situação de vulnerabilidade. “A pandemia nos trouxe gastos excessivos para cuidar de muitas obras, mas a nossa maior obra agora é cuidar de pessoas, cuidar de quem precisa”, ressalta o governador.

Educação

Em 20 de maio deste ano, Ibaneis assinou outro decreto que nomeava 437 servidores para integrar os quadros da rede pública de educação do DF. A cerimônia ocorreu sob uma tenda na praça cívica, em frente ao Palácio do Buriti.

Os aprovados compareceram ao local com balões e faixas para comemorar a nomeação. "Aqui fizemos questão de não viver só a agenda da pandemia", disse o chefe do Executivo local ao assinar o decreto de nomeação dos servidores.

A nomeação foi autorizada pela Secretaria de Economia depois de uma determinação do governador. Para tanto, foram liberados R$ 19 milhões. Ao todo, são 35 analistas, 220 técnicos para apoio administrativo, 85 secretários escolares e 97 monitores de gestão educacional. "Estarão cuidando das gerações atuais e também das futuras", afirmou, à época, o secretário de economia André Clemente, em referência ao trabalho dos servidores.

 Com informações do CB