GDF Presente levou um Ponto de Encontro Comunitário (PEC) para a região, além de fazer a manutenção nas vias de terra e reforma no campo de futebol

O Núcleo Rural Sarandi, a 20 m do centro de Planaltina, recebeu, nos últimos dez dias, os serviços das equipes do GDF Presente. A pequena vila teve as estradas de chão recuperadas, recebeu bacias para escoamento de água e ganhou seu primeiro Ponto de Encontro Comunitário (PEC), além de reparos no campo de futebol e na lixeira de uso comunitário.

A coordenação do Polo Norte do programa concentrou esforços na área rural, onde moram cerca de 200 famílias, além de pequenos produtores. Com ajuda da comunidade, que comprou 500 toneladas de expurgo de brita, foi possível ser feito também o nivelamento das vias de terra. O material atendeu às três principais ruas do Núcleo Sarandi e algumas adjacentes, num total de 5 km de extensão.

“Todo mundo que tinha condições ajudou financeiramente. E ficou muito bom o serviço nas estradas, tudo lisinho”, elogia o morador José Luiz Feitosa, 53 anos. “Nossos parentes evitavam vir até aqui, por conta da situação da pista. No dia em que ficou pronto, o movimento voltou. Era bicicleta, pedestre, animais circulando nas ruas. A comunidade está muito feliz”, complementa ele, que reside há mais de 20 anos na vila.

Patrol, retroescavadeira e seis caminhões, sendo um deles caminhão-pipa, foram usados no ajustes de vias sem pavimentação. Equipes da Administração Regional de Planaltina e do polo trabalharam na empreitada. O campo de futebol de terra também foi limpo e teve os buracos tapados.

Instalação de equipamentos

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) atendeu ainda a uma reivindicação antiga da comunidade rural: a instalação de um PEC. A base de cimento para o ponto de encontro já existia, mas só agora foi finalizado com a colocação dos equipamentos para exercícios físicos.

Segundo o administrador de Planaltina, Celio Rodrigues, o GDF Presente deu uma “nova cara” ao Sarandi. “Era um local que realmente aguardava melhorias nas estrada e também por esse PEC, que solicitamos há mais de três anos. Agora, é continuar com os serviços de manutenção na região”, explica Rodrigues.

O coordenador do polo, Ronaldo Alves, destaca o sucesso da parceria com a comunidade. “Foram dias de trabalho muito gratificantes. Muito bacana a relação com os moradores, a colaboração deles, o que trouxe mais celeridade às ações do polo”, disse.

Com informações da Agência Brasília