Nesta segunda-feira (21), policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações Gerais de Sorocaba (Deinter 7), com apoio de equipes do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), prenderam dois homens suspeitos de envolvimento com roubos em Piedade e cidades da Grande São Paulo.

Ao longo do trabalho de investigação, que durou aproximadamente 60 dias, os policiais civis identificaram os suspeitos de participarem dos crimes. Segundo relatos das vítimas, eles as submetiam à tortura psicológica para que indicassem a localização de dinheiro, joias e outros objetos de valor.

A ação, que deu cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão, foi realizada em São Paulo (Capital) e Piedade, na região metropolitana de Sorocaba. A dupla, que já cumpriu pena por roubo, deixou a prisão neste ano.

Eles foram indiciados pelos crimes de associação criminosa, roubo e tortura, e encaminhados para uma unidade do sistema prisional da região, onde encontram-se à disposição da Justiça.