Cada unidade buscou se organizar de acordo com a realidade local para os atendimentos aos homens acima de 40 anos. A maioria oferece exames de PSA, testes rápidos de sífilis e de HIV  | Foto: Divulgação/Agência Saúde-DF

 Atividades do Novembro Azul oferecem atendimento diferenciado ao público masculino acima de 40 anos

O público masculino terá atendimento especial nas unidades básicas de saúde (UBSs), como parte da campanha Novembro Azul, incluindo a conscientização da prevenção do câncer e outras doenças do homem. Cada unidade buscou se organizar de acordo com a realidade local para atrair e realizar os atendimentos aos homens acima de 40 anos de idade. A maioria delas oferece exames de PSA, testes rápidos de sífilis, HIV e outros.

A UBS 1 de Taguatinga reservou dez vagas de atendimentos todas as quintas-feiras durante o mês de novembro para atender homens da sua área de abrangência. Na primeira semana, sete pacientes buscaram atendimento resultando em uma consulta, quatro testes rápidos, um encaminhamento para ecografia de próstata e três exames de PSA. De acordo com a gerente da unidade, Iraquitânia Bernardo, no dia a dia, “nenhum homem busca esse tipo de atendimento”.

Já a UBS 2 de Santa Maria encerrou as atividades do Outubro Rosa e iniciou o Novembro Azul, no último sábado (7). Os pacientes puderam participar de palestras sobre a prevenção de câncer de mamas, próstata e boca. Foram disponibilizados testes rápidos de sífilis e HIV e entrega de material educativo sobre os temas das palestras. Todos os homens receberam atendimento médico, encaminhamento para fazer o PSA e para o urologista, quando necessário.

Outra unidade que realizou ação educativa com palestras foi a UBS 5 do Gama. Além de falar sobre a importância da prevenção aos cânceres de próstata, mama e saúde bucal, os pacientes tiveram a oportunidade de marcar exames preventivos e eletrocardiogramas, bem como testes rápidos.

São 172 unidades básicas de saúde que atendem à população do DF nas áreas urbanas e rurais.

O que é o exame de PSA?

O PSA é uma proteína que é produzida pelo tecido prostático e pode ter a sua produção medida por meio de exame de sangue. Se o homem tem tecido prostático, tanto benigno como maligno, ela será detectada no exame de sangue. Como a próstata, nos humanos, aumenta de forma benigna com o passar dos anos, o PSA também costuma aumentar. Da mesma forma, o PSA aumenta com o evoluir do câncer de próstata. Assim, se o PSA estiver aumentando, o urologista pode definir se a alteração do PSA é por uma causa benigna ou maligna.

Com informações da Secretaria de Saúde