Veronica Rajek acredita ser discriminada no Instagram por causa da beleza

Por Redação

Enquanto a preocupação de uma parcela das mulheres procura o que há de melhor para ficarem mais bonitas, uma modelo influencer afirma que passa justamente pelo problema oposto.

A influencer e modelo Veronika Rajek, de 25 anos, ganhou notoriedade no país após ‘desabafar’ a respeito dos problemas que alega possuir por ser ‘linda demais’.

A modelo eslovaca desabafou e disse que sofre por ser muito bonita. Veronika Rajek, soma mais de 1 milhão de seguidores, mas confessa que quase não tem amigos. A modelo disse que teve o perfil excluído diversas vezes no Instagram, porque internautas não acreditam que ela seja real.  “Me considero um alienígena, porque não acreditam que eu seja eu mesma”, lamenta, “pensam que sou um robô de inteligência artificial”

Modelo e influencer eslovaca Veronika Rajek. Foto: Divulgação.


“A vida é mais difícil para as pessoas mais bonitas”, garantiu ela ao dizer que frequentemente até suas contas nas redes sociais precisam ser verificadas, por conta de algumas pessoas alegarem não ser o perfil de uma pessoa real. “Acham que sou fake”, comentou a eslovaca.

A jovem, que trabalha como modelo, conseguiu a marca de 1 milhão de seguidores em suas redes sociais e, mesmo a ‘beleza’ sendo considerada uma característica base para pessoas de sua profissão, ela relatou que a aparência lhe fechou portas e relacionamentos.

Modelo e influencer eslovaca Veronika Rajek. Foto: Divulgação.

A modelo e influenciadora, de 1,81m de altura, acha que as pessoas ficam intimidadas perto dela. “Eu não acho que sou perfeita… mas as pessoas têm medo de mim e não querem falar comigo. Eu fico mal porque as pessoas dificultam as coisas para mim porque eu sou bonita”, desabafa.

A eslovaca garante que quase não usa filtros e nem edita as suas fotos, mas não é suficiente para evitar os haters que a acusam de photoshop. “Eu uso só uma ferramenta para suavizar a pele, mas acho que é normal”, justifica.

Da Redação do Agenda Capital