Ações da pasta serão apresentadas durante reunião da Comissão de Segurança Hemisférica (CSH), da Organização dos Estados Americanos (OEA)

As ações adotadas para melhor atendimento à população, repressão e prevenção à criminalidade, adotadas na área de segurança pública no Distrito Federal, serão apresentadas durante a reunião da Comissão de Segurança Hemisférica (CSH), da Organização dos Estados Americanos (OEA). O encontro internacional será on-line e está marcado para esta quarta-feira (24), às 11h, horário de Brasília.

“Sermos convidados para apresentar as medidas adotadas no âmbito da segurança aqui no DF é também uma forma de reconhecimento por todo o trabalho desenvolvido desde o ano passado, mesmo diante de uma pandemia. A SSP/DF será muito bem representada por nosso secretário executivo, que participou ativamente de nossas ações. Compartilhando esse conhecimento, podemos também contribuir com a implementação de medidas semelhantes em outros estados”, avalia o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

As ações que renderam ao DF a menor taxa de homicídios dos últimos 41 anos e a redução dos feminicídios em quase 50% serão apresentadas pelo secretário Executivo de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo.

“Houve uma mudança muito grande na forma de trabalhar em todos os seguimentos da segurança pública e que tiveram que ser imediatos. Essa adaptação acabou sendo benéfica em alguns aspectos e trouxe avanços, como é o caso da Maria da Penha On-Line, sendo possível solicitar medidas protetivas a partir da implementação dessa ferramenta”, relata o secretário.

Aumento de produtividade 

Foto: Felipe Oliveira/ SSP
Não houve suspensão em nenhum serviço na área de Segurança Pública. Desta forma, a imunização dos profissionais desta área é essencial para permanência dos serviços e proteção dos profissionais e também da população atendida Foto: Felipe Oliveira/ SSP

Também será apresentada a produtividade das forças de segurança durante a reunião, como explica Danilo. “Não há que se falar em redução dos crimes por conta da pandemia e consequente redução no número de pessoas circulando pelas ruas, pois a produtividade policial aumentou. Isso foi possível por conta da readequação e realocação de esforços, como por exemplo o policiamento que era feito ao redor de estádios ou outros eventos, passou a ser feito em outra localidade”.

Imunização 

Não houve suspensão em nenhum serviço na área de Segurança Pública. Desta forma, a imunização dos profissionais desta área é essencial para permanência dos serviços e proteção dos profissionais e também da população atendida.

“Durante a reunião vamos reforçar a importância da vacinação de toda a segurança publica pois, cada um em sua área, foi e tem sido essencial para proteção e cuidado da população. Os bombeiros, desde o início, atendem e fazem transporte de pessoas acometidas pela doença e as demais forças foram e são incansáveis em todas as missões que lhes são conferidas, como tem sido nestes dias com a força-tarefa Toque de Recolher”, completa o secretário executivo.

Resultados 

As discussões da reunião no âmbito da Comissão poderão ser levadas a plenário como relata Júlio. “Com a deliberação, as boas práticas poderão ser disseminadas para outros locais passarem a adotar as medidas apresentadas”, finaliza.

Com informações da SSP/DF