Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Esporte

Abel reclama de gramado após derrota, avalia que Cruzeiro merecia 'melhor sorte' e mostra esperança: 'Gostei do que vi'Abel reclama de gramado após derrota, avalia que Cruzeiro merecia 'melhor sorte' e mostra esperança: 'Gostei do que vi'

Publicada em 01/10/19 às 05:34h - 14 visualizações

por Portal de Comunicação do Onildo Alves


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Portal de Comunicação do Onildo Alves )

Time celeste perdeu por 1 a 0 para o Goiás em jogo no Serra Dourada

Cruzeiro voltou a ser derrotado em compromisso pelo Campeonato Brasileiro, mas Abel Braga aprovou a atuação de seus novos comandados. Depois do revés por 1 a 0 para o Goiás, o treinador se mostrou esperançoso em conseguir recuperar o time celeste da situação incômoda que vive na tabela - é o 17º colocado, com 19 pontos
Na análise que fez da partida de estreia pelo Cruzeiro, Abel ainda reclamou do gramado do Serra Dourada, que recebeu a partida, e afirmou que seus jogadores mereciam ‘melhor sorte’ pelo que foi apresentado em Goiânia.
O que fica para nós é uma esperança viva. Ninguém deixou para amanhã, para depois. Cada um que esteve lá deu o seu máximo, gostei muito do que viHá muito tempo não vejo o Serra Dourada com o campo tão irregular. No primeiro tempo os dois times erraram passes demais, mas merecíamos melhor sorte. Os jogadores têm convicção. Nós nos colocamos nessa situação, e nós vamos sair. Acho que o torcedor não está contente com o resultado, mas está contente com a postura”, disse.

No jogo desta segunda-feira, Abel optou por voltar com Thiago Neves ao time titular. O meia havia perdido essa condição com o time sob o comando de Rogério Ceni. Além o camisa 10, o atacante Sassá e o lateral-direito Edilson, esse no segundo tempo, também ganharam oportunidades. 

“Eles têm um contra-ataque muito rápido, e o Orejuela é muito agudo, participativo, ótimo jogador, mas hoje estava em um dia infeliz. Jogando fora de casa, nós proporcionamos contra-ataques por erros de passes. Ele estava num dia ruim e teve a substituição. O Edilson entrou naturalmente bem, o Marquinhos Gabriel entrou cumprindo, o Ezequiel entrou bem”, analisou.

A produção me anima. Todos nós entendemos aquilo que necessitamos. Nós sabemos. Aquilo que eu tinha sentido no sábado, incrível, como no domingo se apagou. Fui para casa depois do treino, antes de ir ao aeroporto, e o pessoal estava leve. Foi muito bom. Por isso eles mereciam algo melhor. Mas o torcedor sabe quando há luta, entrega e dessa maneira vamos continuar”, complementou.

Com a derrota para o Goiás, o Cruzeiro se vê ainda mais afundado na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Como tem três pontos e duas vitórias a menos do que o Fluminense, primeiro time fora do Z4, a Raposa não conseguirá deixar o grupo na próxima rodada, independentemente dos resultados. 

No sábado, às 21h, no Mineirão, o Cruzeiro receberá o Internacional pela 23ª rodada da Série A.
Fonte:
Uai


ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 61 98256-9400

Visitas: 1366715
Usuários Online: 36
Copyright (c) 2019 - Portal de Comunicação do Onildo Alves