Os homenageados participaram de três casos: o salvamento de uma família de incêndio, um parto na rua e a prisão de um homem que ameaçava a namorada com uma faca no pescoço




O secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, felicitou os policiais pela honraria e Rafael Prudente pela iniciativa, ao frisar que é preciso valorizar as pessoas que executam atos nobres. “Parabéns a cada um de vocês. Em nome do governo, agradeço o empenho, que tem se refletido na melhoria dos índices de segurança”.

A Moção 868/2017 foi para o 3º sargento Marcos Antônio da Silva por salvar um casal e seus dois filhos em ocorrência de incêndio, em Samambaia Sul. Os agraciados pela Moção 311/2020 realizaram um parto de emergência “no meio da rua”, na Região Administrativa de Planaltina: o 2° Sargento Manoel Augusto Batista; e os 3° sargentos Maciel Xavier Monteiro Da Silva; e o 3° Sargento Marco Antônio De Moura Teles. 


Já a Moção 377/2020 foi para policiais militares do 9° batalhão que prenderam, no Gama, um homem que ameaçava a namorada com uma faca no pescoço: 2° tenente Júlio Emanuel Dantas de Moura; 1° sargento Evandro Lionel; 1° sargento Luiz Henrique Diaz de Oliveira; 2° sargento Wallace Ludgero; 2° sargento Edson Ferreira; 3° sargento Ilson Araújo de Lavor; 3° sargento Everaldo Bonfim da Silva; 3° sargento Jefferson de Oliveira Sampaio; 3° sargento Welinton André da Silva; 3° sargento Eduardo Barroso da Silva; e os cabos Valdeane Souto Braga Silva e Thiago Silva Araújo.







Mario Espinheira
​​​​​​​Foto: Figueiredo/CLDF
​​​​​​​Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa